Mulher Saúde

Sexo, gravidez e lubrificação da vagina.

Posted on: 26/04/2009

Na gestação a vagina produz uma secreção diária aumentada, semelhante ao que ocorre na segunda fase do ciclo menstrual. Isso ocorre devido a um aumento nos níveis de progesterona. Mas essa secreção é diferente da lubrificação vaginal na hora do sexo.

Toda mulher sabe que para ficar “molhadinha” na hora H, é preciso um envolvimento total com o momento, além daquele tempero extra que é particular de cada casal. Porém, pode ser que mesmo com tudo isso a vagina ainda fique seca. Isso porque a lubrificação também sofre influência de fatores hormonais, e por isso ela pode diminuir na gravidez, e principalmente, depois do parto.

Uma solução muito simples e extremamente eficaz para facilitar a lubrificação é usar gel lubrificante vaginal a base de água. Esses produtos vendem em qualquer farmácia. É só aplicar na vagina logo antes do sexo que esse problema está resolvido!

Mas fique atenta! A secura vaginal também pode ser um sinal de baixa excitação e um indicativo de que a vida sexual do casal está precisando de atenção. Na gestação, é comum essas dificuldades se acentuarem. Para tentar solucioná-las, o primeiro passo está sempre no diálogo. O segredo de uma sexualidade saudável num casal é cada um ser sincero com o outro, para que com o decorrer do tempo, o prazer na cama se intensifique, e não caia na rotina.

About these ads

Infelizmente não respondo mais a comentários pessoais. Esse blog tem fins apenas didáticos.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Dra Paula

Olá, sejam bem-vindas ao meu blog! Antes de mais nada gostaria de me apresentar: sou médica formada pela USP, fiz residência em ginecologia e obstetrícia no Hospital das Clínicas da USP e faço pós-graduação em Medicina do Esporte na Escola Paulista de Medicina. Trabalho como médica voluntária no Hospital das Clínicas e tenho consultório na clínica Célula Mater.
Escrevo esse blog pois acredito que a mulher se beneficia muito quando entende seu corpo e o como as doenças atuam nele. Isso contribui com o acompanhamento clínico e o tratamento. A partir do momento que a paciente se torna uma pessoa consciente de seu corpo, ela fica mais ativa junto ao médico na busca pela saúde.
Infelizmente não consigo responder a questões individuais através dos comentários. O objetivo desse blog é didático.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 424 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: