Mulher Saúde

Posts Tagged ‘sexo na gestação

Quando o casal recebe a notícia da gravidez, a reação frente a ela é extremamente variada. Têm aqueles que ficam preocupados com o futuro, dinheiro, saúde do filho, enfim, se estão realmente preparados para receber essa criança. E têm aqueles que ficam num profundo êxtase, que finalmente vão ser pais, de que o relacionamento está produzindo um fruto único e maravilhoso. Mas, na maioria das vezes, o que ocorre é uma mistura desses sentimentos tão opostos, ora mais para um extremo, ora mais para o outro. E a sexualidade acompanha esses sentimentos.

É importante ressaltar que a sexualidade do casal durante a gestação acompanha um padrão semelhante a como ela era antes dessa. Porém, no primeiro trimestre, ela também está diretamente relacionada com os sintomas que a gestante sente decorrente da gravidez, como náuseas, vômitos, cansaço, dor nas mamas, dor de cabeça, etc. Aquelas que sentem esses desconfortos com mais frequência, têm uma tendência a sentir menos desejo de fazer sexo.

Já nas gestantes que não apresentam esses incômodos, é observado um aumento da frequência sexual, do prazer e do orgasmo. Esse muitas vezes é relatado como mais frequente, mais intenso e longo, podendo vivenciar orgasmos múltiplos. Se você é uma dessas felizardas que não tem esses empecilhos no primeiro trimestre, delicie-se com esse estado hipersexual que a gravidez lhe proporciona!

O prazer e o orgasmo levam a uma descarga de endorfina, que melhora a irrigação (chegada de sangue com oxigênio) do útero, assim melhorando a nutrição desse neném. Além disso, o sexo é um ato de amor e carinho entre o casal, e o bebê sente essa ternura entre os pais, recebendo uma energia boa e positiva. Também é observado um índice menor de depressão e ansiedade nas mamães que tem uma vida sexual ativa e prazerosa durante a gravidez.

O sexo não causa aborto. Quando isso ocorre, foram outros fatores que o provocaram. Portanto, se você estava na dúvida se rendia-se aos prazeres com seu amor, ou ficava na abstinência, espero tê-la respondido!

Na gestação a vagina produz uma secreção diária aumentada, semelhante ao que ocorre na segunda fase do ciclo menstrual. Isso ocorre devido a um aumento nos níveis de progesterona. Mas essa secreção é diferente da lubrificação vaginal na hora do sexo.

Toda mulher sabe que para ficar “molhadinha” na hora H, é preciso um envolvimento total com o momento, além daquele tempero extra que é particular de cada casal. Porém, pode ser que mesmo com tudo isso a vagina ainda fique seca. Isso porque a lubrificação também sofre influência de fatores hormonais, e por isso ela pode diminuir na gravidez, e principalmente, depois do parto.

Uma solução muito simples e extremamente eficaz para facilitar a lubrificação é usar gel lubrificante vaginal a base de água. Esses produtos vendem em qualquer farmácia. É só aplicar na vagina logo antes do sexo que esse problema está resolvido!

Mas fique atenta! A secura vaginal também pode ser um sinal de baixa excitação e um indicativo de que a vida sexual do casal está precisando de atenção. Na gestação, é comum essas dificuldades se acentuarem. Para tentar solucioná-las, o primeiro passo está sempre no diálogo. O segredo de uma sexualidade saudável num casal é cada um ser sincero com o outro, para que com o decorrer do tempo, o prazer na cama se intensifique, e não caia na rotina.


Dra Paula

Olá, sejam bem-vindas ao meu blog! Antes de mais nada gostaria de me apresentar: sou médica formada pela USP, fiz residência em ginecologia e obstetrícia no Hospital das Clínicas da USP e faço pós-graduação em Medicina do Esporte na Escola Paulista de Medicina. Trabalho como médica voluntária no Hospital das Clínicas e tenho consultório na clínica Célula Mater.
Escrevo esse blog pois acredito que a mulher se beneficia muito quando entende seu corpo e o como as doenças atuam nele. Isso contribui com o acompanhamento clínico e o tratamento. A partir do momento que a paciente se torna uma pessoa consciente de seu corpo, ela fica mais ativa junto ao médico na busca pela saúde.
Infelizmente não consigo responder a questões individuais através dos comentários. O objetivo desse blog é didático.
Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 429 outros seguidores