Mulher Saúde

Sexo no primeiro trimestre de gravidez

Posted on: 27/04/2009

Quando o casal recebe a notícia da gravidez, a reação frente a ela é extremamente variada. Têm aqueles que ficam preocupados com o futuro, dinheiro, saúde do filho, enfim, se estão realmente preparados para receber essa criança. E têm aqueles que ficam num profundo êxtase, que finalmente vão ser pais, de que o relacionamento está produzindo um fruto único e maravilhoso. Mas, na maioria das vezes, o que ocorre é uma mistura desses sentimentos tão opostos, ora mais para um extremo, ora mais para o outro. E a sexualidade acompanha esses sentimentos.

É importante ressaltar que a sexualidade do casal durante a gestação acompanha um padrão semelhante a como ela era antes dessa. Porém, no primeiro trimestre, ela também está diretamente relacionada com os sintomas que a gestante sente decorrente da gravidez, como náuseas, vômitos, cansaço, dor nas mamas, dor de cabeça, etc. Aquelas que sentem esses desconfortos com mais frequência, têm uma tendência a sentir menos desejo de fazer sexo.

Já nas gestantes que não apresentam esses incômodos, é observado um aumento da frequência sexual, do prazer e do orgasmo. Esse muitas vezes é relatado como mais frequente, mais intenso e longo, podendo vivenciar orgasmos múltiplos. Se você é uma dessas felizardas que não tem esses empecilhos no primeiro trimestre, delicie-se com esse estado hipersexual que a gravidez lhe proporciona!

O prazer e o orgasmo levam a uma descarga de endorfina, que melhora a irrigação (chegada de sangue com oxigênio) do útero, assim melhorando a nutrição desse neném. Além disso, o sexo é um ato de amor e carinho entre o casal, e o bebê sente essa ternura entre os pais, recebendo uma energia boa e positiva. Também é observado um índice menor de depressão e ansiedade nas mamães que tem uma vida sexual ativa e prazerosa durante a gravidez.

O sexo não causa aborto. Quando isso ocorre, foram outros fatores que o provocaram. Portanto, se você estava na dúvida se rendia-se aos prazeres com seu amor, ou ficava na abstinência, espero tê-la respondido!

Anúncios

1 Response to "Sexo no primeiro trimestre de gravidez"

Obrigado pelo esclarecimento. Tinha dúvidas s/resultado exame rubéola IgG, Anticorpos Anti (T), bem como o comportamento sexual de gestante no ínicio da gravidez e tbém. o meu.
Milton Yazawa

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Dra Paula

Olá, sejam bem-vindas ao meu blog!

Antes de mais nada gostaria de me apresentar: sou médica formada pela USP, fiz residência em ginecologia e obstetrícia no Hospital das Clínicas da USP e fiz pós-graduação em Medicina do Esporte na Escola Paulista de Medicina (Cefit). Trabalhei no Hospital das Clínicas como médica responsável pelo ambulatório de Ginecologia do Esporte e na clínica Célula Mater.

Escrevo esse blog pois acredito que a mulher se beneficia muito quando entende seu corpo e o como as doenças atuam nele. Isso contribui com o acompanhamento clínico e o tratamento. A partir do momento que a paciente se torna uma pessoa consciente de seu corpo, ela fica mais ativa junto ao médico na busca pela saúde.
Follow Mulher Saúde on WordPress.com
%d blogueiros gostam disto: